Ir para o conteúdo

luiz skora

Voltar a Blog do Skora
Tela cheia

Rogério Campos, um vereador a serviço da empresas do transporte público

29 de Setembro de 2015, 21:49 , por luiz skora - 2727 comentários | 1 person following this article.
Visualizado 2160 vezes

Imagem: Sindimoc - Cena se repete todos os dias / Foto: Gerson Klaina

Imagem: Sindimoc - Cena se repete todos os dias / Foto: Gerson Klaina

 

Na última sexta-feira, dia 25/09, o vereador Rogério Campos do PSC apresentou uma proposta de lei municipal, no mínimo, controversa (para não dizer tosca). <aqui>

O ilustríssimo vereador quer que os Guardas Municipais de Curitiba patrulhem as estações-tubo da cidade e os ônibus, não para coibir os corriqueiros assaltos e arrastões que ocorrem nos coletivos das caneletas exclusivas do transporte público e sim, para enquadrar e multar os pula-catraca (usuários em embarcam nos coletivos sem pagar a passagem)

E não é coisa pouca, pelo projeto do insigne vereador, se neguinho for pego furando a porta três do busão, vai ter que desembolsar 50 passagens de multa (50 x R$ 3,30 = R$ 165,00) se reincidir, o valor dobra, R$ 330,00.  Se o querido leitor ainda acha pouco, caso o fura-catraca seja menor de idade, quem vai ter que pagar a multa são os pais ou responsáveis deste perigoso infrator.

Não é mesmo uma benção um negócio desses?

Eu aqui, neste espaço mal escrito, não pretendo fazer uma defesa dos pula-catra ou fura-tubo, não mesmo. Pagar para utilizar o transporte público é nada mais que um ato de cidadania. Se meu vizinho, meu colega de viagem, paga pela passagem, eu também devo pagar. É um valor absurdo por um transporte de qualidade duvidosa, mas é assim que a coisa funciona, infelizmente.

O que me deixa realmente puto dentro das calças é a medida sugerida pelo vereador do PSC.

Ora, por que alguns usuários invadem os biarticulados pela porta 3 sem pagar a passagem?

( ) a. Por que são vagabundos, desordeiros, criminosos de altíssima periculosidade.

(x) b. Simplesmente, porque é muito fácil embarcar no busão pela porta 3, sem ter que desembolsar os R$ 3,30 da passagem.

Ainda na mesma sexta-feira, quando fui no lançamento do livro do Paulo Henrique Amorim, na APP, no tubo da rua da cidadania do Boa Vista, vi um grupo de uma meia-dúzia de menininhas, com não mais que 13 anos de idade, todas com uniforma escolar de uma escola aqui da região, embarcarem pela porta 3 na maior tranquilidade. Apenas uma delas não conseguiu ou não teve coragem para “furar o busão” e chorava copiosamente, culpando-se por seu fracasso na aventura criminosa pré-adolescente.

O Vereador Rogério Campos do PSC quer punir os pais destas menininhas com multa de 165 reais, por causa de uma falha de projeto nas estações tubo que facilita o embarque de usuários não pagantes no sistema?

Que palhaçada é essa?

 

Usar o transporte público de Curitiba sem pagar é muito fácil, é mais que um convite para embarcar sem pagar passagem.

O trocador, fica fechado em seu chiqueirinho dentro do tubo, mais preocupado com o troco do que com usuários próximos à porta 3.

O motorista está a uns 15 metros desta porta, cuidando pelo retrovisor se todos os passageiros já embarcaram e desembarcaram e se, por acaso perceber que alguém furou a porta 3, só vai tomar alguma atitude se for um tremendo CDF puxa-saco de patrão, ou se dormiu com a bunda descoberta, broxou e precisa descontar sua raiva em alguém.

Está mais do que na cara que Rogério Campos (PSC) quer é capitalizar com o erro de projeto da URBS, fazer média com o empresariado do transporte e ainda passar por bom moço perante as pessoas de ben's de Curitiba que nunca precisaram embarcar num biarticulado em horário de pico.

Se o vereador tivesse alguma preocupação real com o transporte público de Curitiba, proporia uma readequação, um reprojeto das estações tubo, que impedissem este tipo de “invasão”.

Se fosse um vereador realmente do povo e para o povo, estaria pleiteando e cobrando a revisão da planilha da tarifa técnica do transporte, a revisão do contrato fraudulento de licitação arranjado e assinado durante as gestões de Richa e Ducci.

Se estivesse preocupado com a categoria dos motoristas e cobradores, classe que o elegeu, estaria batalhando para defender os interesses destes trabalhadores.

Mas não, Rogério Campos (PSC) é um vereador a serviço da empresas do transporte público de Curitiba que acha ser muito mais conveniente deslocar um efetivo da Guarda Municipal de Curitiba para fiscalizar e multar os usuários que embarcam nos ônibus sem pagar, do que em usar seu mandatdo de vereador para  empenhar em entender o porquê destes usuários embarcarem nos ônibus sem pagar.

Rogério Campos(PSC) é uma vergonha para Curitiba e para os curitibanos.

Parabéns pela péssima escolha aos 3.838 eleitores de Rogério Campos.

 

Blog do Skora


33 comentários

  • Foto perfil 000 minorCRABASTOS @
    29 de Setembro de 2015, 22:23

    PSC - Partido do Salva Catracas

    PSC o Partido dos Salvadores de Catracas, em nome do Ver. Roge Capim, faz um projeto pensando na população, afinal se os Gulins moram nesta cidade, logo eles também são parte da população. Então é isto o Partido do Salva Catracas pensa sempre na população mais abastada desta cidade e no bem estar dos clãs curitibocas.


  • E165ffe793cb0a513abdd1f1ecc05687?only path=false&size=50&d=404OGMpNTtlDw(usuário não autenticado)
    6 de Junho de 2020, 10:40

    SwfNzhQLE

    SqaizdvHOWTmt


  • E165ffe793cb0a513abdd1f1ecc05687?only path=false&size=50&d=404rICVDLmN(usuário não autenticado)
    6 de Junho de 2020, 10:40

    GgEDlqXnr

    ZBvPpJIzMThqt


Enviar um comentário

Os campos realçados são obrigatórios.

Se você é um usuário registrado, pode se identificar e ser reconhecido automaticamente.

Cancelar