Ir para o conteúdo

luiz skora

Voltar a Blog do Skora
Tela cheia

Tomás de Aquino, faz favor de ir ver se eu tô lá na esquina

4 de Setembro de 2018, 16:08 , por luiz skora - 0sem comentários ainda | No one following this article yet.
Visualizado 101 vezes

 

Staquino

Não, não entendo patavinas de filosofia, minha formação é na área de exatas e para mim, todas as coisas do universo podem assumir apenas três estados fundamentais: o é; o não é; o não sei, chame um especialista.
Para mim, 2 mais 2 vai ser sempre igual a 4 a não ser que estejamos trabalhando com binários e daí, 10 + 10 = 100

Claro que, apesar de não entender patavinas de filosofia, existem tópicos da filosofia, como também existem tópicos da história que atraem meu interesse e sem pretensão nenhuma, a não ser a de organizar minhas ideias colocando-as no papel, desembesto a escrever a respeito de qualquer assunto, inclusive filosofia.

Que mal pode haver em se fazer isso de maneira inofensiva?

Diferente de certos astrólogos por formação(?), não pretendo me tornar guru de ninguém, nem criar um curso online de filosofia e vendê-lo para incautos, muito menos dividir uma nação inteira graças a textos vídeos na internet, impulsionados por muita grana vinda sei lá de onde, cheios de teorias de conspiração, meias verdades, analises com a profundidade de um pires e que, em fria análise, foi responsável direto pelo fenômeno do antipetismo xucro e a ascensão da abominação política que tem como princípio a negação da política, representada hoje pela candidatura de Bolsonaro a presidência da república.

(?)(A astrologia é uma ciência exata? Humana? Um mero exercício de adivinhação baseado em tabelas desatualisadas com as posições dos planetas?)

 

Bom, vim aqui para escrever sobre Tomás de Aquino e não Olavo de Carvalho, vou voltar ao que de fato interessa.

Estava eu agora a pouco no meio das minhas tarefas cotidianas quando me deparo com o link, CINCO VIAS PARA DEMONSTRAR A EXISTÊNCIA DE DEUS, meus olhos arregalaram!

Como assim? Passei mais de vinte anos da minha vida tentando entender o conceito de Deus, raciocinando a respeito da existência de Deus, arrumando treta com amigos e familiares por a cada dia achar cada vez mais improvável e irrelevante a existência de qualquer Deus ou deuses para, quase trinta anos depois de tanta encrenca, aparecer um texto afirmando que estive sempre errado desde então!?

Tenho que ler esse negócio, sempre é tempo de aprender, reaprender, revisar os próprios conceitos.

O link para o texto está aqui, mas nem precisa clicar, abrir e ler, as mais de mil palavras de completa masturbação mental de Tomás de Aquino no texto, podem ser resumidas em uma única frase:

Não existe causa sem efeito, nem existe efeito sem causa logo, Deus existe.

 

Minha decepção foi total.

 

Como assim? A premissa até pode ser considerada verdadeira “Não existe causa sem efeito, nem existe efeito sem causa”, mas a partir disso concluir que Deus existe é um disparate. Seguindo o mesmo raciocínio eu poderia concluir que qualquer coisa existe e é esta coisa a responsável pela veracidade da premissa.

A premissa já é um fim em si mesma, uma conclusão de si mesma, não carece de um agente sobrenatural que a justifique!

 

Que seja, tentarei ser um pouco menos intransigente, afinal, Tomás de Aquino viveu no século XI, não teve o mesmo privilégio que eu de receber uma bagagem de quase 800 anos a mais de história, de inovações e progressos e é bem provável que durante toda sua vida não tenha tido contato com a mesma quantidade de informação a que eu tenho acesso com uma única googlada. Sem contar ainda que o cara era frade e o trampo que lhe deram, foi o de combinar a filosofia clássica de Aristóteles, Platão, etc. com os fundamentos da fé católica, mais ou menos como fazem hoje certos jornalistas da Globo News, CBN, Jovem Pan, et-caterva, que tem o inglório e ingrato trabalho de nos convencer de que o neoliberalismo é o melhor caminho a ser seguido pela sociedade, mesmo apesar de todas evidências apontarem o contrário disso.

 

Tomás de Aquino é o representante maior da Escolástica, um método de pensar que tinha como objetivo  conciliar a fé cristã com um sistema de pensamento racional e, vendo por este aspecto, pelo texto dele que acabo de ler, nada mal! O cara deve ter sido escolhido o funcionário do mês por anos a fio pela igreja católica da época, mais ou menos como a Mírian Leitão é hoje para o Grupo Globo, deveria ser Tomás de Aquino para a Igreja de Roma no século XI.

 

Tanto é que, uns seiscentos anos depois de Tomás de Aquino, um cientista russo, Mikhail Lomonossov*, nos deu a graça da Teoria da Conservação das Massas essa teoria aliada a Teoria da Relatividade Restrita de Einstein, a Equivalência Massa-Energia, um século e meio depois de Lomonossov, decifram a premissa de Tomás de Aquino sem precisar de nenhum deus ou entidade sobrenatural para explicar o fenômeno.

 

*(Tá, eu sei que a gente aprendeu na escola que foi o Lavoisier, mas segundo a Wikipédia a gente aprendeu errado, o russo Lomonossov, publicou suas descobertas 14 anos antes do Francês.)

 

Ou seja, grosso modo:

Não existe causa sem efeito, nem existe efeito sem causa.
Logo, nada se perde, nada se cria, tudo se transforma.
Logo, a energia é igual a massa multiplicada por uma constante igual a velocidade da luz no vácuo.
Logo, Deus e/ou qualquer entidade sobrenatural é total e completamente irrelevante neste sistema.
Logo, O que existe de fato, são causas e efeitos não importando a ordem destes.

 

Claro que eu poderia ir além disso, discorrendo a respeito das leis da termodinâmica do conceito de entropia e chegaria sempre ao mesmo resultado, mas admito que minhas noções de termodinâmica estão enferrujadas e o conceito de entropia é um negócio tão anti-intuitivo que eu não vou conseguir escrever sobre sem complicar ainda mais o pouco que eu consegui entender a respeito deste conceito.

 

No mais, acho que consegui organizar as ideias, resta-me apenas apresentar uma conclusão:

 

Cuidado com os cliques em links que parecem inofensivos, de tão inofensivos podem fazer você pirar o cabeção, destrambelhar em escrever textão e te fazer perder quase meio dia de trabalho com isso.

 

Obrigado por ler este texto

 


 

Skora

 

 


0sem comentários ainda

    Enviar um comentário

    Os campos realçados são obrigatórios.

    Se você é um usuário registrado, pode se identificar e ser reconhecido automaticamente.

    Cancelar