Ir para o conteúdo

luiz skora

Tela cheia

Blog do Skora

21 de Setembro de 2015, 20:36 , por luiz skora - | No one following this article yet.
Licenciado sob Copyleft

Só um bloguezinho despretencioso


#02 - Da série, Por Que Não Voto no Candidato(a) Fulano(a) - Ney Leprevost

28 de Agosto de 2016, 15:46, por luiz skora - 0sem comentários ainda

02 - Porque não voto em Ney Leprevost para prefeito de Curitiba.

1. Porque, assim como a maioria dos candidatos a prefeitura para esta eleição de 2016, Ney Leprevost é mais um produto das oligarquias centenárias que dominam a política local desde os tempos da Quinta Comarca. Seu avô foi ex-prefeito de Curitiba e seu pai foi comissionado de confiança de gestores do estado e município, tendo sido até diretor do Banestado

2. Porque, NeyLeprevost não conhece a realidade do povo trabalhador de Curitiba, sempre viveu na bolha da higth society curitibana e, como seus antecessores, sua gestão atenderá os interesses desta higth society com distribuição de migalhas aos curitibanos que trabalham, pegam e pagam busão, têm seus filhos em escolas públicas e precisam do SUS. Leprevost nunca precisou de nada disso, vive o sonho meritocrático de ter nascido em berço de ouro.

3. Porque como vereador e deputado estadual, os projetos apresentados e aprovados por Leprevost sempre foram paliativos com finalidade de autopromoção. Projetos como a Linha de Ônibus Inter Hospitais e alguns exames sendo obrigatórios por lei mais criam custos inúteis aos cofres públicos do que, efetivamente, contribuem com a qualidade da saúde pública. Sevem, quase que exclusivamente, para produzir materiais de campanha em época de eleição.

4. Porque Ney Leprevost tem uma mania chata de apoiar golpistas. Apoiou os golpistas na Venezuela em 2002, estes mesmos mais recentemente, o golpe no Paraguai, Honduras e agora, nosso golpe doméstico que pretende remover definitivamente Dilma do comando do Executivo Federal ignorando os 54 milhões de votos da presidenta eleita.

5. Porque para esta eleição municipal, Ney Leprevost age sob a batuta do que a de mais torpe e vil na política paranaense, é comandado pelo filhote do apresentador e dono de TV e rádios Ratinho, o Ratinho Jr da Massa.

6. Porque Ney Leprevost veio do PP e hoje está no PSD sob o comando do PSC, siglas partidárias que representam a direita mais tacanha e entreguista da política nacional e cujo objetivo é defender interesses de especuladores do mercado financeiro, empresários, industriais, agroindústria e o capital estrangeiro

Não voto em Ney Leprevost por isso.



#01 - Da série, Por Que Não Voto no Candidato(a) Fulano(a) - Maria Victória

28 de Agosto de 2016, 15:44, por luiz skora - 0sem comentários ainda

 01 - Porque não voto em Maria Victória para prefeita de Curitiba.

Essa é fácil.
1. Porque Maria Victória, não está na disputa para ser prefeita de Curitiba. Ela ganhou a candidatura como presente do papai Ricardo Barros, para aparecer, ficar mais conhecida e garantir seu futuro promissor na carreira política.

2. Porque Maria Victória é só um dondoquinha herdeira da oligarquia Barros, deveria estar aproveitando de sua fortuna passeando nazoropa e não fazendo merda na política paranaense.

3. Porque Maria Victória estava no camburão do Frouxisquini enquanto os professores levavam borrachada da PM de Richa.

4. Porque Maria Victória é a Maria Victória, num dá, né? Que palhaçada escrever isso.

5. Porque o vice da Maria Victória é o Luciano Pizzato e neste, há um zilhão de motivos para ninguém votar. Vou citar só um, como adendo:

5.1. Em 2002, quando Pizzato concorreu ao Senado Federal, contratou minha empresa, recém inaugurada, para desenvolver um software para a campanha. Trabalhei horas a fio sem descanso e com prazos muito apertados, desenvolvi um sistema de controle de contatos, cabos eleitorais e potenciais eleitores em tempo recorde, uma funcionalidade de envio de emails em massa quando isso ainda era restrito a muito poucas empresas especializadas, entreguei tudo a tempo, configurei dei treinamento aos funcionários e..... até hoje não recebi. Polaco burro, vai se meter com tralha, só podia levar calote mesmo.

Não Voto em Maria Victória por isso.



Por que será que os coxinhas tem tanto ódio ao PT?

4 de Janeiro de 2016, 20:42, por luiz skora - 0sem comentários ainda

Viram essa?

 

MáPéraê!

O motorista maluco que atropelou as portas de entrada e as catracas do prédio da receita federal é Servidor da Receita do PR?

Funcionário público do PR desde 2004 tentou destruir sua picape que custou o quê? Uns 80, 110 mil reais?

Tudo bem que o caboclo faz o que bem entender com o salário que ganha, mas um carrão desses não é muita ostentação prum servidorzinho da receita?

E, ainda segundo o maluco, o atentado contra o prédio da Receita Federal foi político, por ele não gostar do PT!?

Caralho mano, se o governo do PT tá ruim pra ele que destrói o próprio carrão, imagina para mim que ando de busão?

Mass...

Ahhhh, taaaa...

O Maluco é servidor da Receita de Londrina.

Não é ali, em Londrina, que pegaram uma montuera de auditor fiscal da Receita Estadual cobrando propina para não aplicar multa e depois, distribuindo esta propina até para a campanha eleitoral do Richa em 2012?

Vai ver, esse maluco tá metido no rolo e o atentado é mais uma reação por medo de as investigações chegarem até ele do que, uma reação pelo governo petista ser assim, tão ruim como pintam.

Sacumé, coxinha que é coxinha tá pouco se fodendo pra corrupção ou o futuro da nação, o negócio deles é defender seus privilégios e proteger suas maracutaias.

Até que a PF ou o Gaeco, começam a fungar no cangote, daí os caras surtam.

Vale a velha máxima do Hommer Simpsom: “Se a culpa é minha, eu boto ela em quem eu quiser”.

Nisso, sobra para o PT, que não é lá uma brastemp, mas também não é tão xinfrim quanto nos querem fazer acreditar.

Deve ser bem por isso que os coxinhas desesperados deram para xingar o Chico Buarque na rua, hostilizar ministros e petistas em restaurantes, bares, hospitais e até em velórios e agora, inventaram de atropelar catracas de prédios públicos.

Preparem-se, 2016 promete.

O desespero é foda camaradas, deve estar faltando rivotril no mercado.

 

Blog do Skora



O leitor da veja é, antes de tudo, um cuzão.

27 de Outubro de 2015, 21:58, por luiz skora - 0sem comentários ainda

Fui comprar cigarros...

Chegando no mercadinho me deparo com o dono do estabelecimento e dois clientes falando besteiras a respeito de Lula e, sobre o balcão, um exemplar da revista veja que os três pareciam reverenciar.

Deixei rolar os impropérios e depois de alguns instantes intervi:
"Lula  , o melhor presidente que este país já teve em toda sua história, está de aniversário hoje." 
Os três  me olharam com cara de assustados.
O cidadão, dono da revista, retrucou:
"Lula é o maior ladrão que este país já teve."
(eu)
- É? Onde estão os frutos de tamanha ladroagem? Lula tem um patrimônio compatível com sua renda, assim como seus familiares. Será que ele esconde seus trilhões ilícitos nos colchões de seu apartamento no ABC?
- "Ele distribuiu pra laranjas da família!"
-Não seja ridículo. Desde os anos 80 tentam criminalizar Lula e até hoje, mais de 30 anos, não conseguiram achar nenhum desvio de conduta na vida do cara.

Antes mesmo de eu acabar, o coxinha cagão leitor da veja,pegou sua revista e fugiu.

Os outros dois, desconversaram, que político é tudo ladrão, que não gostam de política dando a clara intenção de que não queriam discutir aquele assunto comigo e ainda me chamaram de petista, como se eu o fosse ou como se isso fosse algum tipo de ofensa.

Pois é amigos, não está nada fácil defender as próprias convicções políticas nestes tempos de fla-flu ideológico. É nós contra eles, eles contra nós numa dicotomia burra e emburrecedora.

O debate morreu.

Só nos restou o embate.

Oremos.

Blog do Skora



Rogério Campos, um vereador a serviço da empresas do transporte público

29 de Setembro de 2015, 21:49, por luiz skora - 1Um comentário

Imagem: Sindimoc - Cena se repete todos os dias / Foto: Gerson Klaina

Imagem: Sindimoc - Cena se repete todos os dias / Foto: Gerson Klaina

 

Na última sexta-feira, dia 25/09, o vereador Rogério Campos do PSC apresentou uma proposta de lei municipal, no mínimo, controversa (para não dizer tosca). <aqui>

O ilustríssimo vereador quer que os Guardas Municipais de Curitiba patrulhem as estações-tubo da cidade e os ônibus, não para coibir os corriqueiros assaltos e arrastões que ocorrem nos coletivos das caneletas exclusivas do transporte público e sim, para enquadrar e multar os pula-catraca (usuários em embarcam nos coletivos sem pagar a passagem)

E não é coisa pouca, pelo projeto do insigne vereador, se neguinho for pego furando a porta três do busão, vai ter que desembolsar 50 passagens de multa (50 x R$ 3,30 = R$ 165,00) se reincidir, o valor dobra, R$ 330,00.  Se o querido leitor ainda acha pouco, caso o fura-catraca seja menor de idade, quem vai ter que pagar a multa são os pais ou responsáveis deste perigoso infrator.

Não é mesmo uma benção um negócio desses?

Eu aqui, neste espaço mal escrito, não pretendo fazer uma defesa dos pula-catra ou fura-tubo, não mesmo. Pagar para utilizar o transporte público é nada mais que um ato de cidadania. Se meu vizinho, meu colega de viagem, paga pela passagem, eu também devo pagar. É um valor absurdo por um transporte de qualidade duvidosa, mas é assim que a coisa funciona, infelizmente.

O que me deixa realmente puto dentro das calças é a medida sugerida pelo vereador do PSC.

Ora, por que alguns usuários invadem os biarticulados pela porta 3 sem pagar a passagem?

( ) a. Por que são vagabundos, desordeiros, criminosos de altíssima periculosidade.

(x) b. Simplesmente, porque é muito fácil embarcar no busão pela porta 3, sem ter que desembolsar os R$ 3,30 da passagem.

Ainda na mesma sexta-feira, quando fui no lançamento do livro do Paulo Henrique Amorim, na APP, no tubo da rua da cidadania do Boa Vista, vi um grupo de uma meia-dúzia de menininhas, com não mais que 13 anos de idade, todas com uniforma escolar de uma escola aqui da região, embarcarem pela porta 3 na maior tranquilidade. Apenas uma delas não conseguiu ou não teve coragem para “furar o busão” e chorava copiosamente, culpando-se por seu fracasso na aventura criminosa pré-adolescente.

O Vereador Rogério Campos do PSC quer punir os pais destas menininhas com multa de 165 reais, por causa de uma falha de projeto nas estações tubo que facilita o embarque de usuários não pagantes no sistema?

Que palhaçada é essa?

 

Usar o transporte público de Curitiba sem pagar é muito fácil, é mais que um convite para embarcar sem pagar passagem.

O trocador, fica fechado em seu chiqueirinho dentro do tubo, mais preocupado com o troco do que com usuários próximos à porta 3.

O motorista está a uns 15 metros desta porta, cuidando pelo retrovisor se todos os passageiros já embarcaram e desembarcaram e se, por acaso perceber que alguém furou a porta 3, só vai tomar alguma atitude se for um tremendo CDF puxa-saco de patrão, ou se dormiu com a bunda descoberta, broxou e precisa descontar sua raiva em alguém.

Está mais do que na cara que Rogério Campos (PSC) quer é capitalizar com o erro de projeto da URBS, fazer média com o empresariado do transporte e ainda passar por bom moço perante as pessoas de ben's de Curitiba que nunca precisaram embarcar num biarticulado em horário de pico.

Se o vereador tivesse alguma preocupação real com o transporte público de Curitiba, proporia uma readequação, um reprojeto das estações tubo, que impedissem este tipo de “invasão”.

Se fosse um vereador realmente do povo e para o povo, estaria pleiteando e cobrando a revisão da planilha da tarifa técnica do transporte, a revisão do contrato fraudulento de licitação arranjado e assinado durante as gestões de Richa e Ducci.

Se estivesse preocupado com a categoria dos motoristas e cobradores, classe que o elegeu, estaria batalhando para defender os interesses destes trabalhadores.

Mas não, Rogério Campos (PSC) é um vereador a serviço da empresas do transporte público de Curitiba que acha ser muito mais conveniente deslocar um efetivo da Guarda Municipal de Curitiba para fiscalizar e multar os usuários que embarcam nos ônibus sem pagar, do que em usar seu mandatdo de vereador para  empenhar em entender o porquê destes usuários embarcarem nos ônibus sem pagar.

Rogério Campos(PSC) é uma vergonha para Curitiba e para os curitibanos.

Parabéns pela péssima escolha aos 3.838 eleitores de Rogério Campos.

 

Blog do Skora